COMUNICADO

01_normal
30/04/2022

Nesta sexta-feira, pelas 23h45, dentro dos prazos regulamentares, o Clube de Rugby do Técnico exerceu numa peça extensa o pedido de contraditório sobre a “Decisão Final” do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Rugby relativo a um protesto submetido pelo Centro Desportivo Universitário de Lisboa – CDUL, por alegada utilização irregular de atletas – alguns dos quais nem sequer constavam do Boletim de Jogo – numa partida da fase regular da Divisão de Honra (Processo n.º 28-21/22).

De imediato, na madrugada deste sábado, não tendo a Direcção da Federação Portuguesa de Rugby tempo sequer para analisar a extensa documentação que o Clube de Rugby do Técnico apresentou em sua defesa, foram anunciadas duas decisões em catadupa: uma, às 01h16, desclassificando o Clube de Rugby do Técnico; outra, às 01h23, marcando os jogos dos playoff da Divisão de Honra para às 14h00 deste sábado, excluindo o Clube de Rugby do Técnico e incluindo o Benfica.

O Clube de Rugby do Técnico requereu de imediato o efeito suspensivo da decisão ao Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Rugby e à sua Direcção, direito que, nos termos regulamentares, é conferido a recursos de decisões sobre protestos que impliquem uma descida de divisão.

Nesse sentido, os jogos anunciados para este sábado não podem realizar-se.

O recurso dará também entrada agora sobre a aplicação das sanções com base na decisão do Conselho de Disciplina, e tem imediato efeito suspensivo das mesmas.

O Clube de Rugby do Técnico reitera que está seguro de ter cumprido escrupulosamente os regulamentos federativos, e lamenta esta tomada de posição, obviamente pré-definida, apenas e só por a Federação Portuguesa de Rugby querer impor que se cumpram determinações que não se enquadram nos seus regulamentos, e que foram contestadas pelo Clube de Rugby do Técnico.

Lisboa, 30 de Abril de 2022,
Pedro Lucas, Presidente da Direção do Clube de Rugby do Técnico

Patrocínios e apoios
Patrocínios

Apoios